“O Voto à Irrelevância das Sociedades Anónimas” – Opinião de Carlos Alexandre Esteves no Vida Económica

 In Comunicação Social, Fiscalidade, Legislação
OE 2021 Vota Sociedades Anónimas à irrelevância

A propósito da publicação do Orçamento de Estado para 2021, Carlos Alexandre Esteves escreveu um artigo no jornal Vida Económica sobre a alteração introduzida à alínea d) do número 2 do artigo 2.º do Código do IMT, que sujeita a imposto algumas transmissões de participações sociais de sociedades anónimas com bens imobiliários no seu património.

Na opinião do auditor jurídico da JM Ribeiro da Cunha & Associados, esta alteração “é completamente desadequada ao momento em que é adotada [contexto de pandemia]”, diminuirá a fiscalização ao tecido empresarial português “no momento em que tal fiscalização deveria sair reforçada” e pode ser contraproducente:

As consequências negativas que se adivinham irão, por certo, superar o reforço de receita estimada com a medida, que poderia facilmente ter sido adotada em ciclo económico positivo e, sobretudo, com um enquadramento legislativo mais avisado e abrangente, que cuidasse destas e de outras legítimas preocupações.

O artigo publicado pelo Vida Económica pode ser encontrado aqui no nosso blogue ou no link abaixo.

Artigo - Vida Económica (15 de janeiro de 2021)

“O voto à irrelevância das Sociedades Anónimas”

Descarregar
Recommended Posts

Leave a Comment

Contacto Rápido

Envie-nos um email, entraremos em contacto assim que possível.

Not readable? Change text. captcha txt

Start typing and press Enter to search

Newsletter Dezembro 2020 - Orçamento estado 2021Formação Executiva ITC em Direito Internacional - Ribeiro da Cunha